DEPOIMENTOS

“Foi um prazer ler os jornais, a satisfação de ver o fruto de um trabalho pedagógico de tanto valor realizado por tantas mãos, ‘escutar’ a voz de muitos alunos, verificando o quanto eles têm a falar, a sugerir, a analisar criticamente. Para uma primeira edição os jornais estão muito bons, alguns até poderíamos dizer ‘ótimos’, sugerindo uma melhoria da qualidade nas próximas edições, após a avaliação e a troca de experiências entre agentes técnicos, coordenadores e professores das várias escolas. A importância da coordenação do jornal na escola, mais pedagógica que administrativa, fica evidenciada com a leitura dos vários jornais e com a leitura das produções de um mesmo gênero literário em turmas diferentes de uma mesma escola.”

Marília Lara, Agente Técnica do Instituto Ayrton Senna

“Foi com uma alegria incontida que todos nós do Centro Educacional Fernanda Park, em Itaberaí – GO, recebemos a primeira edição de nosso jornalzinho. Descrever a alegria e o orgulho das crianças do 4º Ano, que escreveram e ilustraram os bilhetes argumentados desta edição, é quase impossível. Eles estão se sentido jornalistas! Empolgaram e começaram a ler para as demais turmas, para professores e funcionários e para algumas mães que apareceram na escola naquele dia. São a alegria personificada. Obrigada a vocês por proporcionarem às nossas crianças esta experiência encantadora. Que venham as demais edições!”

Creuza Arrais, coordenadora pedagógica voluntária em Itaberaí/GO

“Quando fui informada que iriamos produzir um jornal, fiquei muito angustiada, pois jamais tinha trabalhado, a meu ver, algo tão complicado. Logo pensei que seria mais um projeto deixado no meio do caminho, jamais poderia imaginar o quão gratificante seria ver o resultado desse trabalho. No começo foi complicado para professores e alunos entenderem que era uma ferramenta importante para o bom desenvolvimento do ensino aprendizagem, e confesso que até mesmo eu estava desanimada. Mas, assim que iniciamos os trabalhos com as sequências é que tivemos uma ideia de como esse trabalho iria nos proporcionar bons resultados para nossos alunos. No decorrer das aulas, os alunos foram mostrando que todos são capazes de mostrar suas habilidades, basta ter uma oportunidade. Com isso, todas as experiências vividas com a produção do jornal foram de suma importância tanto para os alunos quanto para os professores e para mim. Agora estamos preparados para mais um desafio que é a segunda edição do nosso jornal ‘Virou Notícia’.”

Maria Luzilene Freitas Souza, coordenadora da Unidade Escolar José Reinaldo Tavares, de Estreito/MA