Ausências de professores e alunos, dias letivos e aulas previstas não cumpridas pelos mais variados motivos, ausência ou não cumprimento de Propostas Pedagógicas e Planos de Ensino e falta de sistematização no acompanhamento do desenvolvimento dos alunos, impactam negativamente a aprendizagem e a eficiência das redes de ensino.

Aprovação, reprovação por falta ou abandono, taxa de distorção idade/série e alfabetização / aprendizagem - são indicadores de sucesso geralmente vistos de forma compartimentada e pontual quando, de fato, são construções que acontecem no cotidiano da sala de aula, dia após dia.

Dessa forma, atenção e cuidado sistemáticos durante todo o ano letivo, não só imprimem sucesso aos processos e resultados educacionais a partir das intervenções de superação rápidas e efetivas, como também evitam as perdas desnecessárias dos potenciais que há em cada criança, decorrentes do fracasso escolar que transforma em gasto aquilo que deveria ser investimento.  Nesse cenário, destacam-se o olhar observador e o registro informatizado de dados como ferramentas básicas de todo gerente comprometido com resultados e cumprimento de metas.

Siasi: uma ferramenta de gestão

O gerenciamento somente será um eficaz instrumento de gestão quando aliar a fidedignidade dos dados a um eficiente fluxo de informações, pois é essa dupla que garantirá agilidade na detecção de problemas, na elaboração de planos de intervenção e em sua execução, bem com na avaliação dos resultados. Ações que não garantem o resultado esperado devem ser rapidamente substituídas.

Mas nada disso será possível se o ponto de partida estiver ancorado em dados inconsistentes, ou em resultados que contenham erros de cálculo para médias e porcentagens, por exemplo. Os dados precisam ser confiáveis.

Tanto a agilidade como a fidedignidade são qualidades que devem ser perseguidas pelo gestor educacional, para que ele possa ter segurança em suas decisões, em tempo hábil para superar as dificuldades que colocam em risco os melhores resultados para alunos e profissionais.

A ferramenta gerencial mais eficiente, então, é aquela que oferece ao gestor as duas vertentes com elevado nível de segurança. Isso tem sido possível com o sistema informatizado desenvolvido pela Auge Tecnologia e Sistemas com exclusividade para o Instituto Ayrton Senna, fiel à Sistemática de Acompanhamento de cada Programa da Área de Educação Formal.

O SIASI -Sistema Instituto Ayrton Senna de Informações-, primeiramente utilizado somente para o acompanhamento dos Programas, o Siasi-GP, amplia agora seu alcance com uma nova modalidade, o Siasi-GR, que permite a Gestão de Rede através de dados inseridos pelas próprias unidade escolares, onde é possível acompanhar a rotina de alunos e professores e o desenvolvimento dos Programas, além de outras tantas funções que integram o dia-a-dia de gestores nos âmbitos escolar e das Secretarias de Educação.

Algumas de suas características: operado via web, privacidade das informações garantida por diferentes níveis de acesso, hospedagem em local de alta segurança, total atendimento às diretrizes do Instituto Ayrton Senna, suporte técnico operacional garantido pela empresa Auge Tecnologia e Sistemas, adequações constantes para garantir sua funcionalidade e relatórios que permitem cruzamento de informações quantitativas e qualitativas.

O Siasi é uma ferramenta que permite aos usuários darem vida aos dados, de forma a contribuírem para que a escolaridade não seja somente uma seqüência de anos de freqüência à escola, mas que signifique o desenvolvimento de competências e a apropriação de conhecimentos como meios de inserção social das crianças.

Resultados de sucesso são conseqüências do sucesso de processos.