Aceleração de aprendizagem de alunos com distorção idade-série

A qualidade da educação de um sistema educacional pode ser medida pelo caminho percorrido por um aluno no processo de escolarização. Ou seja, o tempo que ele leva do ingresso na educação básica à sua conclusão, de acordo com a idade prevista. Isso é chamado de fluxo escolar. Quando uma criança repete o ano, ou ingressa tardiamente na escola, ela é caracterizada como um aluno com distorção idade-série.

O Acelera Brasil corrige o fluxo escolar dos anos iniciais do Ensino Fundamental ao garantir que alunos repetentes aprendam e desenvolvam competências necessárias para seguir em frente em sua trajetória escolar, acelerando um ou dois anos escolares, conforme seu aproveitamento e idade.

Além de acelerar a aprendizagem e corrigir o fluxo escolar, essa solução envolve estratégias mais complexas para a rede de ensino estancar a causa do problema, nas dimensões política, gerencial e pedagógica.

O programa Acelera Brasil foi criado em 1997 e tem seu foco no ensino público (redes estaduais e municipais) onde se concentram 90% dos alunos matriculados no Ensino Fundamental. O público-alvo do programa é composto por crianças alfabetizadas e matriculadas nos anos iniciais e que tenham no mínimo dois anos de distorção idade-série.

OBJETIVOS:

Desenvolver, durante um ano, os conteúdos básicos dos anos iniciais do Ensino Fundamental, de forma que o aluno domine conhecimentos e avance nos estudos. Ao mesmo tempo, fortalecer a autoestima, desde o primeiro dia de aula, sobre sua capacidade de ter sucesso, de aprender e de passar de ano.

METODOLOGIA:

Os alunos selecionados, após avaliação diagnóstica realizada na rede de ensino, são direcionados a turmas heterogêneas em idade e ano de origem, com no máximo 25 estudantes, acompanhados por professores capacitados especialmente para atuarem com a metodologia do programa.

Seu diferencial é propor uma estratégia de intervenção para a correção do fluxo escolar não só na dimensão pedagógica, mas também em nível de gestão. Planejamento e mecanismos sistemáticos de execução, de acompanhamento e de avaliação garantem a eficiência do programa e a aprendizagem efetiva dos alunos.

No programa há uma equipe de coordenadores e supervisores corresponsáveis pelos resultados das turmas, cuja função é exatamente a de apoiar o professor em serviço, seja durante as visitas às salas de aula ou em reuniões de planejamento. O grande diferencial do programa é o registro diário do desenvolvimento do aluno, onde as observações e o “olhar avaliativo” do professor transformam-se em dados qualitativos e quantitativos inseridos no Sistema Ayrton Senna de Informação para posterior avaliação.

Cada aluno recebe material didático estruturado em aulas multidisciplinares, que exploram o conteúdo de todas as áreas do conhecimento, tendo como referencial os PCNs.

A relação professor-aluno é construída com base em valores e habilidades como motivação, curiosidade, respeito, determinação e superação. A valorização da leitura é predominante: os alunos têm, por sala, uma caixa de literatura com 40 livros infanto-juvenis. E essa é a meta de leitura de cada aluno no ano.

INDICADORES E METAS:

Indicador

Meta

Cumprimento do calendário escolar

100%

Frequência de professores

98%

Frequência de alunos

98%

Aprovação

95%

Livros lidos por aluno

40

Cumprimento das aulas/atividades

100%

Média de series/anos realizados

2