Garantindo a alfabetização de todos

A alfabetização é fator decisivo para a continuidade, com sucesso, da vida escolar de uma criança. Mas para ser alfabetizado não basta frequentar a escola, como mostrou a experiência do Instituto Ayrton Senna, no final dos anos 1990, quando se constatou que um dos principais problemas que geravam a distorção idade-série era o analfabetismo dos alunos do Ensino Fundamental.

Essas crianças e jovens, não por falta de habilidades próprias, mas por incapacidade dos sistemas de ensino em alfabetizá-los, são rotulados como fracassados, têm sua autoestima gradativamente diminuída, ficam desacreditados pela comunidade escolar e pela própria família, e acabam por não acreditarem em si mesmos.

Combater o analfabetismo de alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental é ponto crucial para estancar os graves problemas da reprovação, do abandono e da distorção idade-série, mas muito mais do que isso, é a oportunidade para devolver a milhões de crianças a confiança em sua capacidade de superação e que podem, sim, aprender.

O Se Liga, criado em 1999, é uma solução educacional de alfabetização voltada para alunos matriculados nos anos iniciais do Ensino Fundamental que não estão sequer alfabetizados, pois não aprenderam a ler e a escrever. Geralmente são estudantes com distorção idade-série, ou seja, estão matriculados em anos incompatíveis com a idade, como decorrência da repetência ou pela entrada tardia na escola. O programa resgata a autoestima e a confiança desses alunos para que eles possam avançar na aquisição de conhecimentos.

OBJETIVOS:

Desenvolver, durante um ano, as habilidades relativas ao domínio da leitura, da escrita e da oralidade de forma a garantir a esses estudantes as competências básicas para a continuidade de seu percurso escolar. Ao final do ano, o aluno retorna à turma regular ou ingressa em um programa de aceleração. Nesse sentido, é um programa que contribui para a correção de fluxo escolar.

METODOLOGIA:

Os alunos são selecionados a partir de um teste diagnóstico de alfabetização realizado no início do ano e enturmados em classes de 25 estudantes, acompanhadas por um professor especialmente capacitado para o trabalho com o programa.

O programa enfatiza a leitura, a compreensão de textos e a escrita como forma de comunicação, privilegiando o desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais. O pensamento lógico e matemático é trabalhado de forma contextualizada por meio da resolução de problemas. O aluno recebe material didático e cada sala de aula abriga uma seleção de 30 livros de literatura infanto-juvenil para leitura compartilhada.

No Se Liga há uma equipe de coordenadores e supervisores corresponsáveis pelos resultados das turmas, cuja função é exatamente a de apoiar o professor em serviço. O grande diferencial do programa é o registro diário do desenvolvimento do aluno, onde as observações e o “olhar avaliativo” do professor transformam-se em dados qualitativos e quantitativos inseridos no Sistema Ayrton Senna de Informação para posterior avaliação.

Juntamente com o professor, o aluno também gerencia sua frequência e participação nas atividades propostas, comprometendo-se com seu aprendizado. A sala de aula é transformada em cenário propício para o desenvolvimento de competências ligadas à colaboração, à interação comunicativa, ao autocontrole, à criatividade, entre outros aspectos. A rotina do programa tem um forte apelo para desenvolver a autoestima e resgatar a confiança do aluno em si mesmo.

INDICADORES E METAS:

Indicador

Meta

Cumprimento do calendário escolar

100%

Frequência de professor

98%

Frequência de aluno

98%

Alfabetização

100%

Livros lidos por aluno

30

Cumprimento das aulas /atividades

100%